Share
5 dicas da Malta para fazer um churrasco perfeito!

5 dicas da Malta para fazer um churrasco perfeito!

1. Os cortes

Prefira peças com mais gorduras. Não é necessário comer a gordura, mas é ela que dá suculência e sabor à carne. Picanha, alcatra, contrafilé e costela são as ideais e a preferida no RS é a costela. Dizem que quanto mais fininho o osso da costela, melhor é a carne. Os clássicos linguiça, coraçãozinho e asa de frango também entram na lista, afinal são deliciosos e fazem aquela diferença. Para variar um pouco, use peito  de frango ao invés das asinhas e experimente temperar com sal grosso e mel. Fica muito macio e é mais saudável.

2. Forma de assar

Nas churrasqueiras rotativas verticais, disponha as carnes mais gordurosas na parte superior. Assim, no processo giratório as gotinhas ajudarão saborizar e umidificar as carnes que se encontram na parte inferior. Nas churrasqueiras a carvão, evite que a chama fique muito alta a fim de não queimá-la. Nos cortes mais delicados procure enrolá-los em papel alumínio.

3. O carvão

Os carvões provindos de madeira de acácia- negra e de eucalipto são os melhores (verifique o tipo na embalagem), porque são homogêneos, não liberam muita fumaça, têm boa textura e rendimento. Dica: se o carvão produzir muito pó e for quebradiço, troque de marca. (Este problema você não encontra utilizando uma churrasqueira rotativa à gás!) :)

4. O fogo

Acenda o fogo mas só coloque para assar as carnes quando o carvão já estiver em brasa, evitando gosto de fumaça e que se deposite a poeira do carvão sobre elas. Aproveite as cinzas do churrasco anterior e acomode por cima delas o carvão novo. Elas acalmam a brasa e formam uma espécie de película que não deixa a gordura da carne penetrar com intensidade no carvão (a gordura que pinga provoca labaredas e fumaça, podendo queimar os cortes). Não precisa abanar nem assoprar. Deixe o espeto a 40 cm do fogo para proteger a carne e evitar que fique ressecada.

5. O ponto

Corte a carne sempre transversalmente à fibra e procure salgá-la minutos antes de levar à grelha ou até mesmo depois de assada. Dessa maneira, você evita que ela resseque e fique dura (use sempre sal grosso). Procure também não espetar várias vezes os os cortes para não perder o suco. O tempo médio de preparo de uma peça inteira é de 40 minutos aproximadamente, variando com a brasa e o tipo de corte.

Atenção: Sirva a carne sempre quente!  Isso faz com que o sabor e a maciez acabem indo embora.

A Malta possui uma gama de churrasqueiras perfeita para as suas necessidades. Confira no nosso site o catálogo novo de 2016 com as churrasqueiras-lançamento.